77 3612-0426 / 99973-8813 Área do Assinante Webmail

Como a velocidade da internet influencia sua produtividade?

Uma boa conexão de internet é essencial para manter o ritmo de trabalho diário. Ainda mais nos tempos em que as equipes estão distribuídas em home office. O fluxo de e-mails, a comunicação com colegas de equipe e com os clientes por voz e vídeo, as pesquisas para o trabalho,além de acessar sistemas e redes públicas e privadas.

  1. Tipo de conexão

O tipo de conexão banda larga que você utiliza na sua casa pode influenciar diretamente na qualidade da conexão. A internet pode ser via cabo, ADSL, fibra óptica, rádio ou redes móveis. É preciso pesquisar bem as opções disponíveis, saber se a infraestrutura do provedor de internet atende bem a região em que você se encontra, e avaliar se são compatíveis com as suas necessidades.

  1. Localização do Access Point

Em uma rede wireless, a distância entre o dispositivo conectado e o access point pode fazer diferença na conexão. O access point é o aparelho que se conecta ao roteador (ou o próprio roteador) e distribui sinal Wi-Fi pelo ambiente. Por isso, quanto mais próximo você estiver desse aparelho, melhor a conexão. Para ampliar o sinal de conexão no seu ambiente, você pode instalar outros access points no local ou replicadores de Wi-Fi.

  1. Equipamentos

Nem sempre a qualidade da conexão é o que está causando o mau desempenho da sua rede. Os equipamentos também podem interferir ocasionando lentidão, por isso é importante verificar o roteador, aparelhos de access point, replicadores, cabos e demais equipamentos de rede.

  1. Dispositivos conectados

O número de dispositivos conectados influencia diretamente na velocidade da internet. Em casa acabamos distribuindo a internet em vários dispositivos como celular, tablet, televisão, notebook e demais dispositivos IoT, por isso é importante ficar atento a quantidade de aparelhos conectados e configurar o roteador Wi-Fi para distribuir melhor a internet entre os dispositivos.

  1. Capacidade dos dispositivos conectados

Não adianta ter uma conexão rápida em um dispositivo obsoleto ou com software desatualizado. Um bom notebook e um smartphone recente também fazem a diferença a medida que os navegadores como Chrome, Edge e Firefox estão cada vez mais complexos para suportar as mais diversas aplicações. A mesma regra vale para os apps no Android e iOS.

  1. Segurança

Sempre mantenha seus dispositivos atualizados. Roteadores, acess points, repetidores de Wi-Fi, IoT e outros também precisam de atualização, tanto para incrementar a performance quanto para fechar brechas de segurança. Ainda, crie senhas seguras para rede Wi-Fi para evitar que pessoas próximas possam roubar sua conexão – use letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais como #@$%. Nunca deixe sua rede de Wi-Fi aberta ou divulgue sua senha para pessoas não confiáveis.

  1. Conteúdo

Outro fator importante é o conteúdo que está sendo acessado pela rede, alguns conteúdos exigem mais da banda larga como assistir vídeos em livestream, fazer downloads e uploads de arquivos grandes, chamadas de vídeo entre outros. Portanto é preciso administrar o que está sendo acessado quando for fazer alguma atividade que exija mais conectividade.

A velocidade de internet é um fator que afeta diretamente a produtividade.Uma baixa conectividade faz você perder mais tempo tentando acessar documentos e sistemas, fazer consultas importantes para o seu trabalho, e pode impactar na comunicação do seu negócio. Para não ter que se preocupar tanto com a qualidade da conexão, escolha bem o serviço de conectividade antes de contratá-lo.

  • Compartilhe: